O Turista Que Ficou

          O empresário José Iles alinha-se junto àqueles que de turistas tornaram-se cidadãos de Caldas Novas depois de encantarem-se com as belezas naturais da estância. Seu primeiro contato com Caldas Novas deu-se em 1979 por indicação médica. As propriedades medicinais das águas quentes aliadas às oportunidades de investimentos apresentadas pela cidade, encorajaram José Iles a trocar São Paulo pelo interior goiano.

          Paulistano, o empresário conseguiu sair-se vitorioso em todos os ramos de atividade que abraçou. Na década de 60 trabalhava com refrigeração, fabricando e vendendo equipamentos para bares, lanchonetes e similares. Após cinco anos neste ramo, passou a dedicar-se à produção e venda de refrigerantes em embalagens plásticas. Na nova atividade permaneceu durante 14 anos, até mudar-se para Goiás.

          O ingresso de José Iles no ramo de hotelaria em Caldas Novas deu-se em 1989 quando, ao lado do sobrinho Heronides Araújo, o Heron, inaugurou o Hotel Triângulo, um complexo a serviço do turista formado por 62 apartamentos completos, piscinas, sauna, salão de reuniões, boate e outras dependências.

          Depois que o empreendimento foi consolidado, José Iles deixou a administração do hotel para o sobrinho Heron e para os filhos, Márcio Iles e Maurício Iles. Hoje, 27 anos após a inauguração do Hotel Triângulo, são 100 apartamentos voltados para hospedagem e vários produtos oferecidos para o turista, tais como: A Tradicional Seresta Dançante, um encontro com a natureza em uma visita ao Jardim Japonês e ao Pesque Pague do Camargo, o Turismo Religioso e um passeio no Trenzinho para conhecer a maravilhosa Cidade das Águas Quentes. Não sabe onde ficar? #Ficacomagente!!!